A Linguagem dos Gatos

o seu habitat natural os animais comunicam-se, com sua espécie e espécies diferentes, de várias maneiras.

- Cores

- Demonstrações de ataque e defesa

- Apresentação de unhas, garras, espinhos, cheiros, etc.

- Expressões faciais

- Danças

- Emissão de sons.

Os animais domésticos, como o gato, revelam seus sentimentos e desejos através de gestos, movimentos e emissão de determinados sons.

Quem conhece bem os gatos, certamente consegue compreender sua linguagem sonora ou mímica.

*Face: pode exprimir prazer, dor, medo, aborrecimento, incomodo.

*Orelhas: Normalmente abertas e eretas, quando ficam murchas e encostadas na cabeça é sinal de perigo, é melhor ficar distante.

* Boca: Fechada, é sinal de calma, quando fechada mas dentes à mostra, pode significar ataque ou agressão eminente..

* Riso: Bocejo

* Mostrar os dentes: amaeaça

* Cauda: Dá boas indicações do estado de espírito do gato. Normalmente ela é firme e para cima. Abaixo da anca, significa indiferença. Quando está ereta, significa confiança e alegria. Agitada de um lado para o outro é sinal de atençaõ, aborrecimento ou raiva.

* Pelos eriçados ao longo da linha dorsal e corpo arqueado: Sinais de raiva e em geral vêm reforçar o balançeamento da cauda.

* Esfregar o corpo nas pernas do dono: Afeição

* Sons: Podem emitir uma enorme variedade. Podem ser simples rosnados, miados delicados, grunhidos guturais, chiados, assobios zangados, lamentos e muitos outros.
Os gatos emitem sons para bajular, reclamar, intimidar, conversar, demonstrando quando estão com fome, zangados ou contentes. Há ainda os murmúrios que a gata utiliza para conversar com seus filhotes.

 

 

AnteriorInícioPróximo