Gatos que urinam fora da caixa sanitária

rimeiro é importante diferenciar a marcação de território com urina, ou spray, em que o gato espirra a urina para trás, em paredes, móveis, portas, etc. Esse é um problema comportamental.

Já a urina propriamente dita, é feita diretamente sobre o chão, ou outro local qualquer, em grande quantidade. É um problema  médico e o veterinário deve ser consultado, para examinar o gato e saber se ele está com algum problema, como por exemplo, cistite ou SUF (Síndrome Urológica Felina).

De qualquer forma, deve-se sempre limpar bem o local, para retirar o odor, ou então o gato voltará a fazê-lo no mesmo local. Não use produtos com base de amoníaco, pois irá atraí-los ainda mais.

Nunca esfregue o focinho do gato na sua urina, isso não funciona com cães, muito menos com gatos. Você estará, ao contrario do que espera, fazendo com que ele guarde bem o local e volte lá depois para urinar de novo.

Em locais com mais de um animal, o seu hábito de urinar fora da caixa, pode atrair os outros para fazer o mesmo.

Podemos listar algumas causas para que o gato pare de usar a caixa de areia:

 

1) Causas médicas:

- Inflamações na bexiga urinária = SUF;

- Infecções bacterianas;

- Cálculos urinários;

- Tumores na bexiga.

- Diabetes;

- Deficiência renal;

- Deficiência hepática;

- Piometra (infecção uterina grave);

- Problemas de glândula adrenal, outras.

 

2)Marcação de Território:

- Fêmeas no cio;

- Machos não castrados;

- Machos castrados expostos a fêmea no cio;

- Muitos gatos num mesmo local;

 

3)Problemas com a Caixa de Areia propriamente dita:

- Muitos gatos usando a mesma caixa;

- Falta de limpeza da caixa de forma mais freqüente;

- Acesso difícil à caixa;

- Mudanças no tipo de material usado na caixa;

- Mudança no local da caixa;

- Objetos novos, estranhos ou barulhentos próximos à caixa e que possam causar medo no gato, como máquinas de lavar; comida e bebida muito próximos da caixa;

- Cheiro forte de desinfetante usado na limpeza da caixa;

- O gato pode não gostar do material usado na caixa ou simplesmente não gostar do local onde ela está.

 

4)Stress:

Uma das causas mais comuns dos gatos que param de usar a caixa, é o stress.

Pode ser causado por:

- Chegada ou desaparecimento de outro animal na casa;

- Visitas, festas, obras e qualquer outro tipo de incomodo;

- Mudança de residência;

- Mudança na rotina do dono e do animal;

- Quando retornam de hospitalizações ou hotéis;

- Problemas com relacionamento com outros gatos ou cães da casa.

 

Tratamento:

Primeiro é preciso levar o animal ao veterinário para que seja examinado e tratado, se for o caso de problema de doença.

Se o animal está bem, então estamos frente a um problema comportamental, mas lembre-se, problemas de comportamento só podem ser corrigidos num gato saudável.

- A marcação de território é resolvida com a castração;

- Os problemas com a caixa de areia também podem ser resolvidos:

    *colocando uma caixa para cada gato;

    *limpeza mais freqüente;

    *deixar que a caixa tenha um acesso fácil, onde não haja barulho ou perturbação;

    *se o problema começou depois que se mudou a caixa de local ou o tipo de material que se usava antes,           volte ao antigo local ou material;

    *Se não houve mudança de material, experimente mudar, gatos gostam de areia;

    *não deixe comida e água próximo da caixa;

    *se o gato urina sempre no mesmo lugar (errado) coloque ali a caixa de areia e vá gradualmente andando com ela, um pouquinho a cada dia, até chegar no local de origem dela;

    *Se ele urina em vários locais, coloque pratinhos com comida nesses pontos, isso irá  desencorajá-lo.

 

-  O stress deve ser eliminado, se possível. Tente arrumar para cada gato seu próprio espaço, eles sempre têm o seu local favorito e tranqüilo, coloque a caixa de areia, próximo desses locais. Quando o stress estiver controlado, retorne aos poucos a caixa ao seu local de origem.

 

 

 

AnteriorInícioPróximo